Resenha: O Mar de Monstros – Rick Riordan- Saga Percy Jackson e os Olimpianos

O Mar de Monstros

“O modo como ele disse meu nome me deu um frio na espinha. Ninguém me chamava de Perseu, a não ser aqueles que conheciam minha verdadeira identidade. Amigos… e inimigos. O ano de Percy foi surpreendentemente calmo. Nenhum monstro que colocasse os pés no campus de sua escola, nenhum acidente esquisito, nenhuma briga na sala de aula. Mas quando um inocente jogo de queimado entre ele e seus colegas torna-se uma disputa mortal contra uma tenebrosagangue de gigantes canibais, as coisas ficam, digamos, feias. E a inesperada chagada de sua amiga Annabeth traz outras más notícias: as fronteiras mágicas que protegem o Acampamento Meio-Sangue foram envenenadas por um inimigo misterioso, e, a menos que um antídoto seja encontrado, o único porto seguro dos semideuses será destruído. Nesta vibrante e divertidíssima continuação da série iniciada com O ladrão de raios, Percy e seus amigos precisam se aventurar no Mar de Monstros para salvar o acampamento dos meios-sangues. Antes, porém, nosso herói entrará em confronto com um mistério atordoante sobre sua família – algo que o fará questionar se ser filho de Poseidon é uma honra ou uma terrível maldição.”

Skoob

 

Era para ter postado essa resenha na quarta-feira, porque terminei o livro neste dia, mas  correria não me deixou.

O mar de monstros traz uma concepção muito parecida com O Ladrão de Raios, mas com diferenças que conseguem prender a atenção, o que é um ponto muito positivo para mim que não consigo ler um livro que eu ache entendiante.

Percy volta para NY para concluir seus estudos em uma escola “normal”, mas contando os dias para ir ao acampamento meio-sangue. Ele consegue um amigo Tyson, um garoto grande que é orfão e mora em um beco, parece tudo normal até chegar o último dia dele em NY. Com o acampamento em perigo ele tem que tomar decisões muito mais complicadas que no primeiro livro, mas também tem muitas surpresas intrigantes.

Os problemas perseguem Percy, eu já percebi isso, é mais do que normal por ele ser primeiro filho de um dos três grandes e segundo por ser o personagem principal. Ainda tenho a impressão de, em algumas partes, ver em Percy um novo Harry Potter. Isso não é ruim, para mim é super positivo, porque são histórias diferentes, mas usam pontos em comum que atraem a atenção do leitor.

Na minha opnião mundos fantásticos, depois de HP, tem tudo para dar certo se o escritor(a) se atentar a detalhes, fazendo com que o leitor consiga imaginar esse mundo como real, e Rick Riordan fez isso brilhantemente como J.K.Rowling.

Me apaixonei pela saga, comecei o terceiro livro já, mas para não deixar muitas resenhas seguidas da mesma saga, estou intercalando com mais 2 livros, dando prioridade aos outros 2, vocês os conheceram no vídeo que pretendo gravar sobre as leituras que fiz em Março e as que pretendo para Abril.

Lembrando que o filme ” Percy Jackson e o Mar de Monstros” tem sua estreia prevista para 16 de agosto deste ano, quem está ansioso levanta a mão \o/

Bruna

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s