Resenha: O Arcano Nove – A Mediadora – Meg Cabot

Imagem

“Para uma adolescente, trocar de cidade pode ser um trauma. Para Suzannah, a mudança de Nova York para Califórnia está sendo ótima: novos amigos, muitas festas e dois caras bonitões e muito interessantes. Só que um deles é um fantasma. E o outro pode matá-la. Suzannah é uma mediadora, uma pessoa capaz de se comunicar com os mortos e resolver as pendências deles na Terra. A velha casa para onde se mudou com a mãe e o padrasto é assombrada por Jesse, um fantasma jovem e gentil. Como Jesse não liga muito para ela (e, além do mais, está morto), Suzannah se entusiasma com o interesse de Tad Beaumont, o garoto mais cobiçado da cidade. Mas o fantasma de uma mulher, cujo assassinato pode ter relação com um mistério no passado de Tad, a atormenta. E a vida de Suzannah pode estar ameaçada. Ser adolescente é complicado. O que dizer de uma garota que precisa dividir sua atenção entre a própria vida e a morte dos outros? “

Acho que é pouco dizer que a série ” A Mediadora” é viciante, porque para mim foi além disso.

Como expliquei na resenha do primeiro livro da série, eu já tinha tentado ler Meg Cabot em “Diário de uma princesa”, mas não tinha gostado, agora tenho certeza que foi pelo tema não pela escrita da autora.

Estou tentando trocar de série, mas é impossivel eu só fico pensando e Suze e Jesse, quando vou descobrir o segredo dele, por ele é claro, e como a autora vai desenrolar esse “romance” impossível.

Em “O Arcano Nove” reencontramos Suzannah 2 semanas depois do ocorrido com Heather, eu achava que a passagem de tempo seria maior, mas depois entendi que é melhor a passagem mais curta entre os livros, e é claro que tem alguém querendo a ajuda de Suzannah, uma mulher que implora para que ela dê um recado para alguém chamado Red.

Como a própria personagem diz, os fantasmas não são muitas vezes detalhistas, e isso a coloca em uma grande confusão. Tudo começa quando ela vai atrás de alguém chamado Red, e acha um multi-milionário, muito estranho por sinal, e acha que foi a missão mais fácil dela, mas ela acaba remexendo em assuntos além do seu dom, e descobre que as vezes a respostas certa está ao lado, é só querer enxergar.

Pela primeira vez vimos também o pai dela, muito rápido, mas dá uma pista dos acontecimentos, que até aquele ponto, terríveis que estão por vir se ela não o escutar, e claro que ela acha que e bobeira. Neste livro também Suze descobre um novo dom, que a ajuda bastante nos momentos finais.

Serei redundante, mas a escrita da autora é envolvente demais, a história é bem feita, bem amarrada, que é difícil largar sem saber o final, e o humor sarcástico de Suze me faz rir sozinha, e deixa a história muita mais interessante. Esse livro só não dei 5 estrelas no Skoob, porque não entendi sobre “O Arcano Nove”, e foi o único defeito do livro.

Espero que gostem,

Bruna

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s