Resenha: Entre o Agora e o Nunca – J.A. Redmerski

*Colocando as leituras de Setembro, trago o último livro que li no mês.*

download

 

“Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.

Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.

Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.”

Skoob

Travis Maddox você me perdeu para Andrew, sem querer ofende-lo.

A “modinha” agora são New Adults, alguns livros são classificados neste gênero mesmo sem pertencer mas não vem ao caso, e este foi o segundo que li, o primeiro foi o famoso, e 8 ou 80, Belo Desastre.

O Livro conta a história da Camry Bennet uma jovem de 20 anos que no mesmo ano perdeu o 1º namorado em um acidente, seu irmão foi preso e seus pais se separaram, o que mais pode dar errado para essa garota? Brigar com a melhor amiga por algo que ela não tem culpa, e pela amiga ser cega ou não querer ver o que está diante de seus olhos.

A única saída que ela vê para fugir de tudo e de todos, e realizar seu sonho, é fugindo de casa sem destino certo. E querendo ou não ela acaba conhecendo Andrew, que está indo até metade do destino que ela escolheu. Os dois se aproximam, ele para protege-la e ela sem saber ao certo.

Chegando ao destino de Andrew, os dois acabam começando a realizar o sonho maior de Camry, viajar sem destino, e nessa viagem ela se auto descobre com a ajuda de Andrew.

Achei o foco principal da história a auto- descoberta que a Camry teve depois de conhecer o Andrew, e me pareceu tudo destino, para os dois lados, porque nenhum dos dois queria “alguém”, eles queriam fugir dos seus problemas, mesmo o do Andrew sendo muito grave e ele o encontraria a qualquer momento.

Foi um livro que em algumas partes eu chorei, principalmente mais para o final quando o segredo do Andrew é revelado, e outras eu ri pelo sarcasmo e espírito livre do próprio Andrew.

Quanto ao segredo do Andrew eu imaginei várias situações malucas, mas o verdadeiro me deixou quebrada em mil pedaços, a autora me massacrou.

Eu recomendo para quem gosta de New Adult, se você leu Belo Desastre e odiou o Travis, pode ler tranquilo porque o Andrew é um pouco o oposto, e a Camry não é tão chatinha como a Abby.

Eu li que poderia ter uma continuação, mas só acho válido se for a versão, mais completa porque no livro em algumas partes isso já acontece, do Andrew da história, porque senão é perda de tempo igual Métrica.

Bruna

13 comentários sobre “Resenha: Entre o Agora e o Nunca – J.A. Redmerski

  1. oiii, adorei a resenha. Já faz um tempo que quero ler esse livro, mas até hoje não foi possível, rs. Bom saber que o Andrew ganha do Travis, rs, gostei do Travis, mas ele é louco! Mas o que me ganhou foi saber que a mocinha não é chata como a Abby. Super curiosa para saber qual é o tal segredo do Andrew, e depois do que você falou dá até medo, rs. Eu também já ouvi falar que terá uma continuação.
    beijos
    Bruna
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    1. Bruna eu também enrolei para ler esse livro, mas o meu era medo de esperar demais e me decepcionar, então fui adiando.
      O Andrew é totalmente o oposto do Travis, mas incrível como só ele.
      Abby em muitas partes me dava sono, ou vontade de dar um sacode nela, aff.
      Beijos.

    1. Bia acho que o Travis é aquele típico personagem: Ame ou Odeie, não existe meio termo.
      Eu gostava do Travis por ele ser diferente de todos os outros personagens masculinos que tinha lido até o momento, ele é o bonitão fortão mas totalmente inseguro e infantil, esse contraste dele é legal.
      Estou recomendando para todo mundo agora, querendo mais gente para o time do Andrew.
      Beijos.

  2. Oi Bruna,
    tudo bem?
    Sou do seu grupo Blogueiros Literários, vim conhecer o blog e me deparo com “Travis Maddox você me perdeu para Andrew, sem querer ofende-lo.”, não consegui superar Trevis até agora, então, não sei se Andrew conseguirá facilmente tomar o lugar dele (risos…)
    Mas com certeza, só por esse fato, você chamou minha atenção, agora quero muito ler esse livro.
    Depois passa lá no meu Cantinho, poderia me seguir? Não achei o campo para seguir o seu, mas já curti.
    beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    1. Cila,
      Andrew me fez superar o Travis, ele é O cara, eu recomendo que você leia e tire suas conclusões, mesmo achando que no final você pode concordar comigo.
      Vou passar no seu blog.
      Beijos,
      Bruna.

    1. Jéssica,
      Concordo a Camryn é azarada ao extremo ao mesmo tempo que é sortuda, porque se não fosse todo esse azar ela não teria conhecido o Andrew.
      Eu gosto de um “draminha” então eu curti o final, eu gostei dele ter um segredo, mas tinha pensado coisas muito loucas.
      Beijos.

  3. menina sério que você não gosta do Travis?
    Eu nunca li belo desastre mas sempre vejo as pessoas morrendo de amores por ele! Fiquei surpresa com essa sua declaração final!
    Eu morro de vontade de ler esse livro que você resenhou, mas sempre acabo comprando os livros das promoções da vida e deixando ele para depois haha quem sabe na próxima compra 😀

    Eu vi seu blog, lá no grupo blogueiros literários. Resolvi seguir e curtir os blogs que estão lá na divulgação, porque acho que assim vai ser mais legal minha participação no grupo, conhecendo todo mundo e tal 😀
    Beiijos,
    Paula
    http://www.interacaoliteraria.com/

    1. Paula eu gosto do Travis, mas prefiro muito mais o Andrew.
      Travis é o típico personagem ame ou odeie, ele é controverso demais, só lendo mesmo para tirar suas conclusões.
      Aproveite e compre ele mesmo, porque a historia é muito bonita.
      Beijos,
      Bruna

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s